Rio de Janeiro, 21 de Julho de 2017
           
       


Cromoterapia Prática
:: Leia o Resumo




Leia o resumo do Livro
:: Leia o Resumo

 

Leia o resumo do Livro




Leia o resumo do Livro




A Trilogia das Cores



Saiba mais sobre o Pyracromos
:: Conheça o Pyracromos



Saiba mais sobre o Bastão Atlante
:: Conheça o Bastão Atlante



Akhenaton, o Faraó iluminado
:: Leia o Resumo

 

Nefertiti

 


Tutankhaton

 


 


Civilizações Perdidas

 


Extraterrestres

 

Vidas Passadas
::  Leia o Resumo

 


A Grande Piramide

 


Minha Vida na Outra vida no Egito

 

 

 

 


   Homenagem ao ilustre Faraó Amenhotep IV, que passou à História com o nome de AKHENATON. Ele foi Faraó do Egito na XVIII Dinastia, tendo reinado de 1370 a 1352 AC. Seu pensamento como monarca era de que o Rei do Egito deveria preservar a harmonia do mundo.
   AKHENATON foi um marco na história do Egito e na história da humanidade. Ele foi o precursor dos ensinamentos de Buda no Oriente e de Jesus no Ocidente. Ele ensinou o AMOR e viveu no AMOR.
   Ele foi o "Gênio da Humanidade", segundo Christian Jacq.
   Ainda é Christian Jacq que conta sobre um personagem da cidade de Akhetaton que declara num texto: "Akhenaton é um Nilo para a humanidade, ele é como a mãe que dá vida ao mundo."
   Weigall, autor de um livro sobre a vida do Faraó Akhenaton, afirma que "AKhenaton foi o primeiro homem a quem Deus se revelou como fonte de amor universal".
   O egiptólogo americano Breasted diz de Akhenaton: "Akhenaton era um homem inebriado de divinidade!"
   Akhenaton escreveu o mais belo poema a Deus, isto é, o Hino a Aton ou o Hino ao Sol.
   Um de seus títulos é: "Aquele que vive na harmonia universal" - Ele mostra aos homens o Caminho da Luz, porque sabia que a Humanidade fatalmente teria que percorrer a estrada da evolução para atingir a Harmonia Universal.
   Ele teve a coragem de realizar a reforma política, social, religiosa e artística , e inclusive retornando a cânones de uma época arcaica, que deu origem à Escola de Heliópolis, cuja divinidade era RÁ, e que estava de acordo com o seu pensamento de AMOR - JUSTIÇA - VERDADE.
   A arte partiu de um classicismo, quando o Faraó Akhenaton se fazia representar em estelas e estátuas com feições de um autêntico egípcio. Depois, passou por uma fase intermediária, adotando as características de rosto alongado, queixo protuberante e olhos oblíquos, similares às do período pré- dinástico; acrescentando seios pendentes e ventre volumoso, de acordo com os ensinamentos da Escola de Heliópolis, cujo Deus ATUM era a manifestação de DEUS - PAI/MÃE da Criação.E, no último estágio, manda executar a sua imagem salientando ainda mais as particularidades de sua arte; e estende a outros membros da Família Real e da corte esse novo cânone artístico.
   Finalmente, sua máscara mortuária mostra o rosto perfeito de um egípcio que exprime a serenidade de um ILUMINADO. (Ateliê - Tutmés)
   No início de seu reinado, idealiza e executa a construção de um templo, em Tebas, em honra do Deus Rá-Harackti, inspirado no modelo do templo primitivo de Heliópolis, que compreende um obelisco assentado sobre uma base, representando um raio de Sol petrificado.
   O Egito estava celebrando o nascimento da Luz com o símbolo da energia solar que contém a vida.
   Então, pela primeira vez no novo templo é representado o disco solar, cujos raios terminam em mãos doadoras de vida; e o nome do Deus ATON é colocado num cartucho. Mas, logo Akhenaton percebe que para realizar a sua missão deveria construir uma cidade longe do alcance do Clero de Amon, que estava desviado da essência da religião que Akhenaton idealizava.

   AKHENATON, inspirado pelas idéias de seu Pai, Amenhotep III, que já havia introduzido modificações importantes para a mentalidade religiosa de seu tempo, prestando uma homenagem oficial a Aton por meio de construções que mandara erguer em Mênfis e em Tebas, ocasião em que corta muitas prerrogativas políticas do clero de Amon.
   AKHENATON, incentivado pela firmeza de propósitos de sua mãe, a Rainha Tyi, que já demonstrara a sua preferência por ATON, tanto que batizou o barco que recebeu de presente do Faraó Amenhotep III com o nome de "Tehen Aton" (O Esplendor de ATON)
   AKHENATON, apoiado pela sua amada esposa, a Rainha Nefertiti, que lhe prestou total colaboração, pois os dois lutaram juntos para tornar o Egito uma nação de AMOR e de PAZ, como símbolo da harmonia universal.
   Assim, Akhenaton dá início à concretização de seus ideais, construindo a cidade de Akhetaton, para cultivar no coração do povo os sentimentos de AMOR, JUSTIÇA e VERDADE, que são os esteios capazes de conduzir a evolução da humanidade.
   Akhenaton permite a entrada do povo no Templo da nova cidade para que todos pudessem participar do convívio com ATON, sob a direção de um novo Clero que vibrava no amor de ATON. Quem viveu em Akhetaton percebia a felicidade do povo, pois todos trabalhavam em harmonia dentro de cada setor da vida, formando uma sociedade ideal que vibrava no AMOR.
   Akhenaton convida o homem a comungar com tudo o que vive e a reverenciar a natureza em todo seu esplendor, contemplando a beleza das flores, o movimento rítmico da água do rio, o sibilar do vento no deserto, a alegria dos pássaros cantando, as estrelas cintilando no céu, o desabrochar de uma nova vida, as melodias executadas ao som da harpa, enfim reconhecendo Deus em tudo e participando conscientemente da sua obra de AMOR.
   Akhenaton viverá eternamente no coração de toda criatura que buscar a Luz Espiritual!
   Akhenaton de fato foi o "Iluminado" que a humanidade não conseguiu acompanhar!



( imprimir esta matéria | indicar a página )

 
Histórico ::   
Cursos ::   
Palestras ::   
Consultas ::   
Casos Recup. ::   
 
M. Quântica ::  
Na Enxaqueca ::  
No Esporte ::  
No Stress ::  
Para Crianças ::  
Para Estudantes ::  
Foto-Aura ::  
Revistas ::  
 
Cores no A. Egito ::  
Akhenaton (hom.) ::  
Comentário ::  
Viagens-Pesquisa ::  
 
Curriculum Vitae ::  
Resumo Curricular ::  
Congressos/Cursos ::  
Livro de Visitas ::  
Como Comprar ::  
 
visitas: 94734
:: Página melhor visualizada com resolução: 800x600 ::

Curso de Cromoterapia
Saiba mais..

Fechar